top of page
Buscar
  • Foto do escritorOtorrino DF Entenda Mais

Fatores não genéticos podem ter ajudar a despertar melhor.

Um estudo publicado na revista Nature com 833 voluntários, gêmeos e adultos geneticamente não-aparentados, demonstrou que a eficácia com que um indivíduo desperta nas horas seguintes ao sono não está associada à sua genética, mas a 3 fatores independentes:

1) Sono (quantidade/qualidade na noite anterior);

2) Atividade física no dia anterior;

3) Café-da-manhã rico em carboidratos.


Além disso, o ponto de ajuste do alerta diário de um indivíduo está relacionado ao seu estado emocional e sua idade.


Tudo isso demonstra um conjunto de fatores não-genéticos (ou seja, não fixos) associados ao estado de alerta que são plenamente modificáveis.


Aparentemente a correlação já é bastante conhecida, porém mais uma vez temos motivos para que os três pilares da saúde (alimentação equilibrada, atividade física e sono de qualidade) sejam enfatizados para quem quer ter resultados concretos para uma vida saudável em 2023.


Confira o link abaixo para acessar o estudo!


Um abraço,

Dr. Masiglio


___


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page