top of page
Buscar
  • Foto do escritorOtorrino DF Entenda Mais

O sono do adolescente e a rotina de atividades escolares.


A rotina de atividades dos adolescentes comprova que eles não dormem o suficiente à noite e seguem cansados e sonolentos para as tarefas escolares matutinas.


A duração ideal do sono em adolescentes gira em torno de oito a dez horas por noite para que se sintam relativamente descansados.


Vários estudos mostram que preferem dormir entre 23:00h e meia-noite. Uma grande variedade de causas pode contribuir para este hábito, inclusive a vida social, aparelhos eletrônicos como computadores, TVs e telefones celulares.

Os adolescentes apresentam uma tendência em atrasar o sono naturalmente e preferem (exemplo: férias) dormir na segunda metade da noite e por boa parte da manhã, a não ser que sejam forçados insistentemente a sair da cama ou pelo barulho do despertador. Na puberdade, o padrão do ritmo circadiano promove essa tendência em ficar acordado e dormir até mais tarde, também conhecida como '"atraso de fase".


Infelizmente, esse ritmo biológico do sono entra em conflito direto com o calendário escolar. Os estudantes dessa faixa etária têm cerca de sete a oito horas de sono por noite (às vezes até menos), o que lhes causa um estado de privação crônica de sono.


Essa condição afeta a habilidade do aluno em se concentrar e memorizar, especialmente nos dois primeiros períodos de aula. A sonolência diurna reduz a capacidade de ficar acordado durante a aula, torna difícil o aprendizado e também contribui para mudanças de humor e problemas comportamentais.


Um estudo na Universidade de Oxford descobriu que o atraso no início das aulas por uma hora, e deslocar os temas mais complexos para um período mais tarde, o absenteísmo e as alterações de humor tornavam-se menores.


A solução consiste na determinação de um horário de dormir mais precoce para os filhos adolescentes, desencorajá-los de ingerir bebidas cafeinadas, deixar TVs, computadores e, especialmente, telefones celulares fora do quarto durante a noite.


Em contrapartida, os pais devem dar exemplo com hábitos de sono salutares e com isso educar seus filhos a agir de forma semelhante, ou seja, não adianta querer impor aos adolescentes condutas que os pais não conseguem seguir.


Um abraço,

Dr. Paulo Marsiglio


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page